cadastre-se entrar

Uma confirmação de registro será enviada para você por email.


Perdeu a senha?

Lenha 2.0


Esse Philippe Stark não larga mesmo o design das cozinhas modernas. Mas dessa vez, o tema é tradição – e o forno á lenha, a inspiração. No seu conceito, criado para a francesa Speeta, trata-se de um forno modular, com cubos de metal que podem ser montados como painéis quadrados, que lembram televisores, simulando torres, em forma de T invertido ou, no caso de planos elevados, em linha.

A graça está na exposição dos elementos, com cada compartimento isolando termicamente um item, seja a lenha, sejam as pedras quentes, seja o fogo resultante de dupla aplicação de fogão ou lareira.

Mais peças podem ser incorporadas para compor o conjunto, como livros e utensílios, alguns deles integrantes do kit, como pinças e escovas para a limpeza, dando um toque decorativo tanto para a cozinha quanto para salas ou jardins de inverno. A novidade pode trabalhar com ou sem eletricidade, e tem um fogão a lenha hermético com uma lareira de aço. A empresa diz que é mais eficiente energeticamente do que as alternativas convencionais e produz menos poeira do que uma lareira típica.

O fogão é operado com um aplicativo que controla a iluminação, temperatura, distribuição de ar quente e velocidade de combustão. É uma verdadeira peça de mobiliário de aquecimento de alto desempenho, incorporada com a mais recente tecnologia para satisfazer os requisitos ecologicamente responsáveis.

Tags:

Deixe seu comentário