cadastre-se entrar

Connect with Facebook

Uma confirmação de registro será enviada para você por email.


Connect with Facebook

Perdeu a senha?

Dicas


Eat 09 - Dicas - Caesar salad, do Devassa - Foto de PH Photo Studio

Vivam os reis

O mundo da gastronomia perdeu dois ícones dos cardápios modernos, ambos no México. O primeiro foi o restaurante Caesar’s, de Tijuana, que introduziu o caesar salad, em 1924. Mexicano de origem, pode acreditar, o prato ganhou fama pela clientela do restaurante – astros de Hollywood e milionários californianos, que os fizeram reproduzir em Los Angeles e San Diego. A outra perda foi a do restaurante Moderno, de Piedras Negras, ao qual se atribui a invenção do nacho, o chip de tortilha denominado a partir do proprietário do restaurante, Ignatio (ou “nacho”) Ayala, que o criou nos anos 40.

Salgado e doce

Há quem prefira o salgado por cima do doce. Ou o contrário. Mas com a linha das pipocas americanas 479, as opções devem variar um pouco, com a chegada de uma série inédita de sabores finos, como a trufa, a canela, o curry de Madras, o gengibre e o gergelim. E, claro, o salgado, com flor de sal, e o doce, com caramelo de pimenta chipotle. A marca 479 é a referência à temperatura ideal para o estouro do milho, na escala Fahrenheit. Em caixas ou em latas igualmente chiques, as iguarias podem ter o preço também salgado ou doce, dependendo da quantidade – a partir de 30 dólares por 45 gramas.

Astros

O título de “arquiteto do chocolate” transformou as criações do catalão Enric Rovira em estrelas da arte do cacau. Ou mais do que isso, já que todo o sistema solar é o tema da série Planetarium, que o chocolatier criou para nos tirar de órbita. São dez chocolates, sendo o sol, o maior deles, um ganache aromatizado com poire Williams. Entre os menores, a Terra é uma trufa temperada com sal e pimenta. E outros menores se seguem, com perfumes que variam do chá earl grey (Marte) ao praline (Mercúrio), passando pelo caramelo de laranja (Júpiter). As boas casas de Barcelona aceitam encomendas com 48 horas de antecedência e cobram a bagatela de 75 euros – pouco mais de 200 reais.

Muita viagem

O conceito de gastroturismo está cada vez mais valorizado. Desta vez, com a chegada do tour promovido na casa Rémy Martin. Além da visita pelos vinhedos, pelas adegas e pela propriedade de La Grollet, na região de Cognac, o felizardo tem a chance de experimentar o foie gras do chef Philippe Saint Romas (Les Ambassadeurs e Alain Ducasse) e experimentar conhaques seculares selecionados pela única chefe de cave, Pierrette Trichet, inclusive o cobiçado Louis XIII, um blend de mais de 1.200 essências criadas pela casa desde a sua inauguração, em 1724. Reservas e cotações sob consulta.

Abelhas

A pesquisa dos europeus e dos americanos pelas mais diferentes variedades de mel acaba de gerar o seu primeiro laboratório doméstico. Trata-se do “Bee Raw”, um charmosérrimo cepo de carvalho a sustentar um conjunto de ampolas com mel produzido com polens diferentes, da sálvia à acácia, passando pela flor-de-laranjeira. Na Dean & Deluca, em Nova York, os preços oscilam de 52 dólares, pelo conjunto de quatro ampolas de frutas ou flores a 88 dólares pelo grupo de nove variedades.

Deixe seu comentário

publicidade